1 de outubro de 2012

Grounding e voz

A garganta está muito relacionada com a nossa raiz, com o nosso Grounding. Uma boa raiz ajuda a garganta a ter expressividade. Se trabalharmos bem o nosso grounding, tanto físico (postural) como psicológico (interno), poderemos expressar melhor a nossa voz, e desta forma, expressarmo-nos melhor connosco e com os outros.


Assim, é possível exteriorizar os nossos pedidos, expressando cada vez melhor as nossas necessidades. O grounding interno também nos permite construir um bom diálogo com o nosso terapeuta interno e estabelecer uma maior conexão connosco.

Relembremos a sabedoria das crianças: quando choram batem o pé enquanto gritam, fazendo valer a sua zanga. Assim vemos a subtil ligação entre os pés, que representam simbolicamente o grounding, e a garganta, formando como que um eixo vertical que nos permite ser e estar no mundo, com tudo aquilo que somos.

Imagem: http://essenciacriativa.blogspot.pt/2011/11/e-preciso-falar.html