23 de julho de 2012

Facing



O Facing é a terceira forma de terapia principal na Biossíntese. Relaciona-se com a camada germinativa ectodérmica e é associada à cognição, percepção, contacto e pensamento. A função terapêutica usada poderá passar pelo encarar e pela integração de experiências através do contacto e da comunicação verbal. Refira-se que este contacto poderá ser feito através dos olhos e também através da pele. 

O terapeuta trabalha com as qualidades do contacto visual e deve ser experiente em identificar as diferentes expressões que neles estão contidas. De acordo com David Boadella, existem dois tipos de olhar que podem ser identificados: o olhar defensivo e o olhar de contacto. O olhar defensivo está associado com o encarar, com o olhar de uma maneira cuidadosa, ou com o olhar “longe”, sonhador. Por vezes é possível mudar o olhar fixo, ajudando a pessoa a voluntariamente, aumentar a sua tendência para relaxar e diminuir o seu grau de defesa.

Para uma pessoa que tem tendência a ser muito observadora, que olha tudo o que a rodeia e que usa este tipo de olhar de uma forma controladora, trabalhar com os olhos fechados permitirá um maior contacto com a sua expressão interna.

Quando a pessoa tem um olhar de contacto, os seus olhos respondem ao contacto com os olhos do terapeuta. Desta forma, diferentes manifestações, como desejo, ansiedade, raiva ou prazer podem ser ajudadas a encontrar expressão.

Estes dois tipos de olhar, de contacto e defensivo, também existem de olhos fechados. O modo defensivo está associado com o retraimento do contacto, fechamento das entradas através dos olhos e também o bloqueio de qualquer revelação de sentimento. O olhar de contacto, com os olhos fechados, está associado ao maior contacto com as expressões internas e também à emergência de fantasias, da imaginação.

A habilidade do terapeuta em distinguir de que maneira é que os olhos estão a ser usados é que vai permitir a ajuda ao cliente para que ele possa encarar aquilo de que se defende.

Elaborado com base no texto “O que é a Biossíntese”, de David Boadella

Imagem: http://netovilhena.blogspot.pt/2012/04/seu-olhar-insano.html