6 de agosto de 2010

Entrevista com David Boadella

http://www.biosynthesis.org/html/e_interview.html

David Boadella é o fundador da Biossíntese, método psicoterapêutico somático desenvolvido a partir da década de 70, cada vez mais conhecido e reconhecido. Passou mais de 40 anos na prática psicoterapêutica, realiza palestras em todo o mundo e é autor de numerosos livros e artigos, sendo detentor de uma vasta obra bibliográfica.

Mas como surgiu a Biossíntese? Para o explicar temos de remeter para o percurso deste homem notável.

David Boadella nasceu em 1931, em Inglaterra. Vive hoje na Suíça, em Zurique, onde, juntamente com Sylvia Boadella, dirige o Centre For Biosynthesis International.

Estudou educação, psicologia e literatura. Frequentou as Universidades de Londres e Nottingham, e dedicou-se inicialmente ao estudo dos distúrbios emocionais em crianças. A sua formação passou ainda pelo contacto com Paul Ritter em Nottingham entre 1952 e 1957 e posteriormente obteve graduação em Vegetoterapia analítica com Ola Raknes, principal terapeuta reichiano na Noruega.

A partir de 1963 e durante cerca de vinte anos, foi director do Abbotsbury Primary School onde o seu método de trabalho com as crianças começou a mostrar resultados evidentes e muito positivos.

No fim dos anos sessenta, teve contacto com duas importantes linhas terapêuticas pós-reichianas, fundadas por discípulos de Reich: a Psicologia Biodinâmica de Gerda Boyesen e a Bioenergética de Alexander Lowen. Boadella participou no trabalho de ambos, publicando artigos e formando terapeutas nessas duas escolas.

Stanley Keleman, foi outra das suas fortes influências. Com Keleman descobriu e aprofundou a importância da Embriologia e da vida intra-uterina na formação do indivíduo. Esse contacto contribuiu para a sua aprendizagem acerca das qualidades expressivas da pessoa e para uma compreensão da Anatomia Emocional. O seu livro "Correntes da Vida" é dedicado a ele.

Já em 1970 fundou a revista actualmente intitulada "Energy and Character - The Journal of Biosynthesis".

Juntando toda a riqueza formativa que tinha adquirido, complementando conhecimento e aperfeiçoamento, desenvolveu então a formação do corpo teórico da Biossíntese, procurando integrar três diferentes tradições que ele reconhece a partir de Freud posteriormente desenvolvidas por:
1) Reich, Lowen e Boyesen focando o fluxo da energia libidinal,
2) Rank até Francis Mott que foca a experiência pré-natal
3) Melanie Klein, pelos terapeutas da Escola da Relação Objectal e pelo trabalho de Frank Lake com terapia regressiva usando respiração profunda.

David Boadella apresentou pela primeira vez a integração dessas abordagens integradas numa conferência intitulada "Stress and Character-Structure - a synthesis of concepts" no The Tavistock Institute of Human Relations, em Londres, em 1974... (continua, clique em ler mais)


Ele adoptou o termo Biossíntese, criado por Francis Mott, para a sua metodologia de trabalho. Biossíntese, segundo Boadella, significa integração de vida. Indica a importância fundamental de integrar em todo o trabalho terapêutico as três dimensões do ser: somático-emocional, psicossocial e essencial-espiritual.

A nível corporal, a Biossíntese trabalha na integração dos padrões de respiração, do tónus muscular e da expressão dos sentimentos através dos principais canais de contacto. A ênfase é no processo terapêutico e não na técnica.

Em 1976, foi convidado a dirigir, como professor, o Institute for the Development of Human Potential, em Londres, onde ensinou, durante seis anos, os princípios da integração terapêutica. Viajou muito, formando terapeutas em vários países da Europa, Ásia e América do Sul.

Mas a riqueza formativa proposta por Boadella na Biossíntese não se fica por aqui. Ele propõe-se a trabalhar com um sistema aberto, com uma rede de conceitos e práticas sempre em desenvolvimento, traçada a partir de diferentes fontes. Além dos autores da Psicologia, ele utiliza conceitos de Hamed Ali, sufi, sobre os estágios do ego e qualidades da essência; faz referência ao conhecimento de Robert Moore sobre a circulação energética do Core; e integra a Física de David Bohm, a Biologia de Ruppert Sheldrake e a Psicofísica de Hernani de Andrade.

Como psicoterapeuta, David Boadella impressiona pelo respeito à individualidade e pela capacidade de facilitar a expressão emocional do cliente. A sua obra e seu trabalho primam pela atenção aos movimentos em direcção à saúde e à busca da expressão do "self" mais puro.

Em 1981, fundou o Centre For Biosynthesis International em Londres, hoje instalado em Zurique, com objectivos formativos, reunindo psicoterapeutas da Europa, Ásia e Américas. Ajudou a fundar a European Association for Body Psychotherapy e foi o primeiro Presidente no período entre 1989 e 1993.

Desde 1985, desenvolveu a formação em "Psychosomatic Centering" (Robert Moore, Dinamarca).

Em 1995 foi premiado com um doutoramento honoris causa da "Open International University of Complementary Medicine" pelo seu trabalho pioneiro no desenvolvimento e promoção da Energia e Carácter, bem como pelas suas contribuições para as ciências sociais neste contexto.

Ao estudar o seu trabalho percebe-se o grande valor da sua obra no painel mundial das compreensões sobre a psicologia humana. Ele conseguiu organizar e integrar conceitos antigos, trazendo novas ideias em sintonia com os actuais paradigmas do saber.

(Agradecimento a Maria Luiza Carvalho: Psicóloga e Psicoterapeuta corporal em Biossíntese no Brasil)